domingo, 7 de fevereiro de 2010

Largo do Carmo: o contraponto de Iglesias:

video
Depoimento de Eloi Iglesias para o Blog HB.

Hoje pela manhã passamos pela Cidade Velha para observar a organização da Praça do Carmo — e cercanias — momentos antes da chegada do Arrastão do Peixe-boi, uma manifestação cultural do Arraial do Pavulagem.
Vimos que a rua Siqueira Mendes, a poucos metros do Largo, estava tomada por ambulantes com carrinhos de cerveja.
Ao redor da Praça havia barraquinhas com venda de comida, aparentemente melhor organizadas, de moradores do local ou de convidados seus; mesmo assim disputando espaço com os ambulantes mais atrevidos.
Como comprova o vídeo a fiscalização da SEMA — Secretaria de Estado do Meio Ambiente — e da SECON — Secretaria Municipal de Economia — estavam presentes, inclusive implicaram com a motocicleta, parada às pressas justamente à tomada do depoimento do Eloi.
A sequência fotográfica mostra que a PM — Policia Mititar — compareceu ao evento.
Infelizmente, por questões técnicas — a bateria da MITSUCA acabou —, não registramos o aparecimento do Arrastão e seus efeitos naquele local.
Entretanto, o material conseguido comprova que não há unanimidade nas questões do Carnaval no Carmo.
No fundo tudo cai na vala comum: a eterna FALTA DE EDUCAÇÃO de um povo!
Blog HB.
Algumas imagens do Largo do Carmo antes da chegada do Arrastão do Peixe-boi.

Postscriptum (09/02/2010):
O vídeo feito com Eloi Iglesias suscitou polêmica tanto com o CiV-Viva — Cidade Velha-Cidade Viva — quanto com o Arraial do Pavulagem.
O CiV-Viva informou ao Blog HB que os fiscais da SEMMA/SECOM e a PM escafederam-se da Parça com a chegada do Arrastão do Peixe-boi que fora acompanhado por aproximadamente “300 ambulantes” que lá se fixaram; faltou energia elétrica às 14 horas e o show programado para o palco montado no Largo do Carmo gorou.
O “Fofó de Belém” adiantou-se para às 14:30h (o habitual seria às 16:00h) e Iglesias insultou, ao microfone do trio elétrico, os que pregavam a organização do Carnaval na Cidade Velha.
Como carnaval é deboche, é zombaria; não é difícil que tal discurso faça o povo delirar — o que vai na contramão dos propósitos dos moradores.
A limpeza da Praça foi feita até depois das 22 horas com gente paga pelo Arraial do Pavulagem, de acordo com as informações de Dulce Rosa, presidente da CiV-VIva; que também afirmou desconhecer essas "várias associações de moradores" ditas por Iglesias.
A sugestão do Blog HB é que a própria CiV-Viva faça um registro audiovisual daquilo que considera um mal à Cidade Velha e o disponibilize à divulgação.
O problema é que não estamos vendo o que querem nos mostrar!

Postscriptum 02 (09/02/2010):
Eloi Iglesias quando permitiu a filmagem de sua opinião sobre o Carnaval do Carmo solicitou que o vídeo não fosse parar no Youtube.
Lá o hospedamos temporariamente, até que fosse possível colocá-lo no Blogger.
Lamentavelmente a qualidade imagética se perdeu, mas acordo é acordo.
Abaixo os dois únicos comentários feitos durante o período em que o vídeo permaneceu no Youtube e foi visto por exatas 548 pessoas:
Blog HB
"O que este senhor quer instalar é uma guerra estabelecida na cabeça dele, onde ele crê que todos os outros movimentos partem da mesma mesquinharia por espaço público que ele demonstra ter. Quero saber quem é este senhor para definir o que é carnaval e o que tem e não tem espaço em uma praça pública?! Carnaval é o ente mais democrático da sociedade brasileira e como tal concebe manifestações de todas as naturezas e para todos os gostos." (sabrinask8)

"Não sei como este 'cidadão' abre a boca em nome de uma categoria social para falar em discriminação, sendo ele o próprio retrato da hipocrisia e do preconceito. Em primeiro lugar, ele não consegue admitir que o Pavulagem tem uma força que independe dele ou se ser carnaval, é um movimento cultural independente e como tal tem seu espaço que foi historicamente conquistado e nunca a peso de entrar em conflito com qualquer outro movimento." (sabrinask8

6 comentários:

  1. Cada um defende o seu interesse!
    Eloi tem toda razão quando fala do "vácuo" do Arraial do Pavulagem e da hipocrisia do Aluá, adorei!
    Junior Soares e sua turma sabem muito bem como aproveitar as oportunidades. Eles são organizados e têm apoio político e a simpatia do povo.
    Todo mundo fala em "se organizar" mas ninguém dá um passo nessa direção?
    Essa galera do carnaval, recebe ajuda financeira da prefeitura? Não sei!
    Por que também não cobra do município a organização e limpeza da Praça do Carmo para um carnaval sem esculhambação?
    Acho que ainda tá rolando o 'arrastão' na Praça. Alguns amigos meus foram lá. E são movidos à cerveja. Vou saber como foi essa história de só beber aluá... hehe!
    beijo.

    ResponderExcluir
  2. Agora sim, no POSTSCRITUM chegou-se onde eu queria.
    Essa tal de CiV-Viva parece de uma icompetência faustosa, fala, fala e não faz é porra nenhuma.
    Vou no blog deles e vejo nada de concreto nem em textos, nem em imagens.
    O Eloi Iglesias é mais convincente e deu de 10 a ZERO.
    A Praça do Carmo é do povo, até que os moradores ou essa associação burguesa prove e comprove o contrário.

    ResponderExcluir
  3. Todo o discurso do Eloi e seus seguidores é o retrato da anarquia a que se encontra a administração pública, do contrário cada um dos ambulantes saberiam exatamente aonde poderiam ficar para ganhar o seu dinheirinho e não ficarem em um desespero no meio do povo praticamente descansando o seu isopor em nossas cabeças, para vender bebidas e, diga-se de passagem até para menores, ou venham me dizer que isto não acontece?!. Até gostaria que os "comandantes" desta cidade se oculpasssem em ouvir o apelo de toda uma população, seja ela do partido do Fofó ou do partido do Arraial, que querem curtir ou tomando sua cerveja ou tomando o seu aluá, que, em meu entender, pode ser bebido em qualquer época do ano, porque não? Onde está escrito que existe um período ideal para isso, se houver gostaria de saber. Para os que são movidos a cerveja, também não vejo problemas desde que sejam maiores e que o movimento que façam não os levem e nem a outras pessoas a conseqüências as quais geralmente são manchetes de jornais, seja em acidentes de trânsito ou outros crimes previstos em lei.
    Infelizmente, ainda há um longo caminho a ser pecorrido por todos nós, até chegarmos a ter respeito uns pelos outros e entendermos que tanto o carnaval quanto o boi fazem parte da nossa cultura e que, se bem organizados e unidos, com parceria dos governos e da sociedade, poderia fortalecer a nossa cultura e o nosso Estado, para deixarmos de ser manchetes de cidade suja, de prostiuição, de chacinas e todas as notícias repugnantes.
    Ao Fofó, na pessoa do Eloi e, ao Arraial, na pessoa do Ronaldo Silva, minha mais profunda admiração por tentarem divulgar a nossa cultura e o que temos de melhor no Pará, mas, também, quero registrar o meu desapontamento por ver, em um blog que é acessado por todo o mundo, estampada a desunião dos nossos artistas e a falta de respeito pelo trabalho do outro.

    Mara Rodrigues
    Ananindeua/PA

    ResponderExcluir
  4. Esse Eloi é um tremendo de um picareta! quer dizer que ele pode fazer oque quizer, vender cerveja CERPA todo domingo, sujar a praça inteira e ainda quer falar mal dos outros?...
    que sacanagem, tome vergonha na cara! gostaria que os videos que vou enviar sejam postados ok?
    se este espaço é realmente democrático quero ver se vão postar meus videos!
    Os videos mostram a sujeira deixada pelo senhor eloi e as barracas da CERPA!!!
    OBRIGADO!
    carlos, morador da cidade velha.

    http://www.youtube.com/watch?v=mrBBFUgxxgY

    http://www.youtube.com/watch?v=aOG5ZRO7PlY

    ResponderExcluir
  5. Carlos:
    Os dois vídeos por você indicados por URL, ambos de autoria do Flávio Nassar, já ilustram "A esculhambação do Largo do Carmo" e "A esculhambação do Largo do Carmo 02"; postadas em janeiro deste ano.
    Foram esses documentos que originaram a celeuma.
    Você possui algum registro do dia 09 de fevereiro, domingo passado?
    Caso o tenha, nos envie, ele fará parte desta publicação.
    O Blog HB sugere que a CiV-Viva produza um audiovisual "...daquilo que considera um mal à Cidade Velha e o disponibilize à divulgação."; junte-se à sua associação para essa tarefa, ou a realize de outro modo, que nós ajudaremos na difusão do resultado.

    ResponderExcluir
  6. Organizando meu comentário no youtube, com a parte final que não foi ao ar:

    Não sei como este 'cidadão' abre a boca em nome de uma categoria social para falar em discriminação, sendo ele o próprio retrato da hipocrisia e do preconceito. Em primeiro lugar, ele não consegue admitir que o Pavulagem tem uma força que independe dele ou se ser carnaval, é um movimento cultural independente e como tal tem seu espaço que foi historicamente conquistado e nunca a peso de entrar em conflito com qualquer outro movimento.
    O que este senhor quer instalar é uma guerra estabelecida na cabeça dele, onde ele crê que todos os outros movimentos partem da mesma mesquinharia por espaço público que ele demonstra ter. Quero saber quem é este senhor para definir o que é carnaval e o que tem e não tem espaço em uma praça pública?! Carnaval é o ente mais democrático da sociedade brasileira e como tal concebe manifestações de todas as naturezas e para todos os gostos.
    Portanto, espero que este senhor aprenda a respeitar o espaço conquistado de outros grupos e movimentos e, ao expor sua "opinião", controle-se para não ferir um trabalho HISTÓRICO de envolvimento cultural com a cidade de Belém que o Pavulagem tem. Faça o seu carnaval, espaço tem para todos.
    E chame as associações de moradores para que estes possam participar e ajudar a construir
    um carnaval mais limpo e sem degradação do patrimônio público.
    Inclua as pessoas nos processos que o senhor cria, também. (sabrinask8)

    ResponderExcluir

Se houver problemas, mande um e-mail para haroldobaleixe@gmail.com que seu comentário será publicado no Blog HB. Obrigado!