sexta-feira, 17 de julho de 2009

Belém do Pará: Collegio Ypiranga. (IN POST)

Três fotos Fidanza resgistram o cotidiano do "collegio" (grafia antiga) Ypiranga no começo da década de 1930:

Ampliável.

Ampliável.

Ampliável.

Detalhe: ampliável.

7 comentários:

  1. Haroldo, seria de grande valia saber onde localizava esse colégio e a data aproximada da foto.

    ResponderExcluir
  2. Não possuímos dados confiáveis à publicação dessas informações, assim que houver certeza do local e data exatos fecharemos a postagem.
    Depoimentos indicam a avenida Braz de Aguiar com fundos projetados à Gentil Bitencourt no início dos anos de 1930.
    Esse "collegio" fora adquirido, segundo o site http://www.colegiomoderno.com.br/s2/conteudo.php?pg=conteudo&id=1, em 1952 para abrigar as salas de aula do Moderninho.

    ResponderExcluir
  3. A postagem continua em aberto, aliás, Paulo Roberto Castelo Branco de Melo, por e-mail, suscitou mais dúvidas: "acredito que essas fotos não são do Ypiranga". Eis, na íntegra, o correio eletrônico do Paulo:

    "Baleixe, o antigo colégio Ypiranga, de propriedade de duas alemães, Dona Maria Koltzau e Dona Rute, ficava na Brás, onde hoje está o Conjunto Ipiranga, junto ao ginasio do Remo.
    O terreno, bastanta amplo, abrigava, em uma metade, a residencia de Eugenio Conte, dono da Sapataria e Fabrica Boa Fama. Os fundos eram projetados para a Av. Nazaré, fazendo limite com o Colegio Marista Nazaré.
    Estudei de 1951 a 1955 no Ypiranga, turma dos gemeos Vinagre, Bené Mutran, Regina Moller, Juanita Brito, Carlos Alberto, Leão Stliannidi, e outros, o primario todo, e que me lembre o prédio tinha dois andares e mais o porão.
    O Ypiranga funcionou até 1957, quando foi fechado, e suas donas se retiraram para o sitio que tinham em Santa Izabel.
    Acredito que estas fotos não são do Ypiranga."

    ResponderExcluir
  4. Caro Haroldo, as fotos acima são realmente do Colégio Ypiranga, da pra ler na placa, mas quanto a data da foto, o autor, Augusto Fidanza morreu em 1903 portanto é uma época talvez da primeira fase do colégio, já que o Ypiranga que conheci (anos 50 e 60/XX)era na Braz de Aguiar num prédio bem diferente desse.

    ResponderExcluir
  5. Caro Celso: o fotógrafo luzitano Augusto Fidanza morreu em 1903, mas seu ateliê foi mantido por outros fotógrafos que adquiriram o espaço, dando continuidade ao nome Photographia Fidanza.
    Fonte: http://fauufpa.wordpress.com/2012/06/08/belem-1867-por-filipe-augusto-fidanza/

    ResponderExcluir
  6. Caro Haroldo: Realmente depois da morte do Augusto Fidanza, seu atelier foi a leilão e os adquirentes mantiveram "a marca" Fidanza por ser muito bem conceituada. O Atelier Fidanza produziu até meados do século XX. Isso nos leva de volta ao primeiro comentário (Plano Geológico)com a dúvida da localização e data da foto.

    ResponderExcluir
  7. Caro Haroldo Baleixe, estou procurando fotos e/ou postais produzidas por Tomás Garcia Aspinwall do estúdio Photo Aspinwall da década de 1930. Ele acompanhou o candidato Barata em campanha para governador nos anos entre 32 e37+/-. Ele com um irmão (Santiago) e duas irmãs (Eliza e Celia) veio do Peru. Morreu e foi enterrado em Belem. Será que poderia contar com alguma ajuda?
    Meu nome: Carlos Alberto Ramos, sou de S. José dos Campos SP. Meu tel.(12) 3911-1301 e meu email: cramos007@gmail.com
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir

Se houver problemas, mande um e-mail para haroldobaleixe@gmail.com que seu comentário será publicado no Blog HB. Obrigado!